quinta-feira, 30 de abril de 2009

Quando te vi...

Minha alma se engradeceu.

Vi que meu sonho não morreu.

Meu coração quase explodiu.

Minha respiração quase me afogou.

Meu corpo estremeceu.

Minhas mãos gelaram trêmulas.

O chão me faltou.

A melodia mais linda se fez ouvir.

O perfume da rosa mais linda penetrou em meu ser.

Esqueci tudo até de escrever.

Gelei toda, mas minha alma ardeu em brasa.

Meu coração saltou o abismo da distância.

E num total descontrole, gemeu e gritou de tanta felicidade.

Enfim, te toquei, me abri em confidências.

Entreguei minha vida em tuas mãos.

Dono dos meus sonhos, suspiros e desejos.

Senhor de todos os meus instantes.

Beijo o perfume de tua Alma,

Meu doce e forte Amor!!

- autora -

Teresa Augusto Shanor

30/04/2009

sábado, 25 de abril de 2009

Quando a dor faz encontrar o amor e a luz

* Por Wagner Borges

(Um Depoimento Extrafísico de Médicos que Enriqueceram Praticando Abortos)

Nós fomos longe demais!

Por arrogância, semeamos violência.

Nuvens vermelhas toldaram nossa visão.

Disparamos nosso materialismo contra a própria vida.

Ficamos tingidos de sangue e de trevas.

E não notamos o quanto aquilo nos envergonhava.

Não vimos as valas escuras que se abriam em nossos corações.

Nossas roupas eram brancas, mas nos enchemos de escuridão.

Liquidávamos os fetos, sem perceber que havia espíritos ligados a eles.

Muitos deles choravam, chocados com a rejeição e o desprezo.

Mas nós não ouvíamos!

Éramos surdos ao coração e cegos para a verdade.

Nós estávamos no controle e podíamos fazer de tudo, e ganhávamos muito dinheiro.

Viajamos por muitos lugares, e comemos do bom e do melhor.

Nossas roupas eram caras e nossos carros eram de luxo.

Contudo, comíamos e deitávamos com as trevas, pois o nosso dinheiro estava manchado de indignidade.

Juramos defender a vida, mas nem mesmo a víamos.

E fomos levando, sem pensar nas conseqüências disso...

Até que fomos engolfados pela morte, e nos vimos atolados em trevas e rodeados por vozes tenebrosas, acusando-nos de termos manchado a vida de sangue.

Tomamos ciência do mundo espiritual, e demos de frente com nossa ignorância e orgulho.

Nós não éramos médicos, nós éramos mercadores de indignidades.

E pagamos um alto preço por isso!

Choramos muito, e vimos os efeitos de tudo de mal em nós mesmos.

Escutamos o choro de muitos, dentro de nossos corações.

E fomos chamados de carniceiros e covardes.

Hoje, estamos purgando as trevas de nossos corpos espirituais.

Estamos padecendo e pedindo perdão a todos.

E, quem nos trata aqui, no mundo espiritual, são aqueles Médicos do Espaço, que já eram médicos amorosos na Terra.

Os médicos de verdade!

Médicos que não venderam a alma nem beijaram as trevas.

E são eles que pediram para nós darmos esse depoimento.

Somos médicos caídos, tentando melhorar.

E, ao contarmos nossa história, melhoramos, pois aliviamos a pressão interior.

Estamos arrependidos, sim!

E pedimos perdão novamente.

Só queremos melhorar, para, quem sabe, nos tornarmos médicos de verdade, com valor e honra.

E agradecemos todo apoio e compreensão, pois estamos precisando, muito.

Nossa cura vem, com certeza.

Reconhecemo-nos como deficientes espirituais, e queremos a recuperação.

Merecemos a reprovação de todos, mas, pedimos misericórdia.

Que Deus nos perdoe!

Que as crianças nos perdoem!

Éramos doentes de arrogância.

Éramos miseráveis cortando crianças!

Mas, se há amor em vocês, por favor, nos ajudem.

Orem por nós!

Aceitamos a reprovação, mas também aceitamos compreensão e perdão.

Para que nós possamos recuperar o tempo perdido.

Para sermos médicos de verdade.

Para caminharmos com dignidade!

Só Deus é quem sabe o quanto estamos sofrendo.

Pela dor, encontramos o Amor.

E a Luz nos curará!

Os Médicos do Espaço estão nos curando.

E é por eles que estamos nos expondo assim, pois é doloroso dizer ao mundo que nós espalhamos sangue e trevas.

E, ao mesmo tempo, é curativo pôr para fora os nossos atos podres.

Mais uma vez, obrigado.

Que Deus nos perdoe e nos dê uma nova chance.

Vamos ficar bem, se Deus quiser!

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 19 de março de 2009.)

- Nota de Wagner Borges: *Esses escritos foram feitos dentro dos estúdios da Rádio Mundial, durante a apresentação do programa Viagem Espiritual. Trata-se do depoimento de um grupo de médicos extrafísicos que está em tratamento do lado de lá. São caras que praticavam abortos em clínicas clandestinas e enriqueceram com essa atividade nefanda. Que fique bem claro isso! Não está em questão outros casos de aborto, principalmente aqueles em que a vida da mãe corre riscos e precisa ser preservada em primeiro lugar. Nem está se falando aqui dos médicos honrados, que tanto ralam nos plantões e que têm de decidir coisas urgentes em segundos e sob forte pressão. Inclusive, esses escritos foram lidos no ar para os ouvintes, junto com as explicações pertinentes. E, ali, deixei bem claro que os escritos se referem ao caso específico desses médicos que distorceram a arte da cura e bandearam-se para o lado trevoso. E esclareço que apenas peguei mediunicamente esse depoimento. Ou seja, não tenho nada a ver com isso e só repassei o mesmo no ar; e, agora, repasso-o aqui, transcrito. E admiro de monte os médicos responsáveis e dedicados, que são verdadeiros amparadores encarnados e merecem todo nosso respeito. O objetivo de um texto desses não é por autoculpa em ninguém, muito pelo contrário. Relatar algo assim faz parte do esclarecimento espiritual, e visa alertar a todos sobre as consequências extrafísicas dos atos de cada um durante a vida terrena. Sei que me exponho ao repassar um texto desses, sobre uma situação dolorosa, mas, como espiritualista consciente e responsável, cumpro a minha parte, que é a de esclarecer e repassar aquilo que o plano espiritual me pede para veicular. Durante todo tempo, essa conexão espiritual com os médicos em tratamento era supervisionada por dois amparadores extrafísicos, que patrocinaram o lance e seguraram um campo energético em torno de mim, para proteção e consecução da tarefa interplanos. Só posso dizer que sinto-me muito honrado pelo plano espiritual me permitir ver coisas além do corpo e repassá-las entre os homens da Terra. Oxalá, que, mesmo com meus defeitos, eu continue a ser merecedor de tal honra.

Paz e Luz.

Artigo postado no Site "Somos Todos Um"

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Meus Sentidos

O que eu quero,

É o que a minha razão me diz.

O que eu sinto,

É o que meu coração me faz sentir.

É o que me faz viver.

É o meu sentimento.

O que vai dentro do meu coração

Tenho repetido por meses a fio...

Tenho altos e baixos a saber,

Mas nunca duvidei dos meus sentidos.

Amo!

E ninguém vai tirar isto de mim.

Sinto!

E sempre serei assim.

Te quero feliz!

Não importa se perto ou longe de mim.

Estás em minha pele, em meus sentidos;

Me enches de alegria e de prazer;

Não importa o caminho que eu esteja a percorrer;

Sentimento existe e não da para esconder.

Ideais de vida que se procura, são posturas mentais (razão);

Afetividades existentes, são posturas emocionais (coração).

É o coração que nos faz sentir vivos.

Estou viva! E assim quero estar.

Como diz a cancão...

"Pode chover, o céu cair

que ninguem vai tirar

o que guardei dentro de mim".

E como te disse antes, muitos meses atrás:

"Sou tua

E nada pode isto mudar.

Meu Amor é teu;

Meu Fogo é teu;

Minha Alma é tua;

Meu Caminhar é teu;

Meus Sentidos são teus.

Meu Olhar é teu;

Meu Querer é teu;

Meu Coração é teu;

É tua a minha estrada a caminhar.

Enfim, sou tua, por inteiro.

E assim quero estar...

Independente do que sou,

Do que faço ou questiono.

Beijos em tua linda Alma!

- autora -

Teresa Augusto Shanor

24/04/2009

Rosas com carinho...

Em cada rosa um movimento
de suspiro e sentimento
de ternura e alegria
no frescor de cada momento.
...
-autora-
Teresa Augusto Shanor

terça-feira, 21 de abril de 2009

Queria...

Queria ter alguem ao meu lado

Que entendesse a vida

Além das aparências

Além das teorias

Além das consequências

Alguém de fibra forte

Que todo sofrimento suporte

Que saiba entender a vida

Em minúncias escondidas e não sabidas

Alguem que não se fascine

somente com o fácil

Porque o fácil é realmente fácil

Difícil é aplicar o amor

Em doses de grande dor

Quando é o único recurso

De transformar o ódio em amor

Alguem que não tivesse medo

De pisar em espinhos

De lutar contra os daninhos

De arregaçar as mangas

E de trabalhar pesado

Na luta dos desesperados

Pois isto, sei bem, não é fácil

Alguem que conseguisse enxergar

A essência substancial

Da dignidade e da moral

Para lutar pelo bem, em detrito do mal

Alguem que se desligasse

De padrões e preconceitos

E mergulhasse em outra realidade

Difícil de se aceitar

Pois gera desprendimento total

De uma vida estável afinal

Alguem, que como eu

Tenha provado o doce sabor

De uma rica vida material

E com desprendimento total

Partiu para uma vida radical

Onde o ranger dos dentes

É a realidade cabal

Dos humildes abandonados

Que vivem em penúria total.

Alguem que não tenha medo

De enfrentar esta realidade

Moldada a fogo e ferro

E se manter por inteiro

No amor e na alegria

Insana para quem não conhece

O lado profundo da vida

Alguem que fosse uma rosa

Com plena consciência

de que seus espinhos

Também estão lá

E podem ser usados

Para ferir e machucar

Mas podem bravamente

Proteger e cuidar

Da vida e do bem estar

Para que o seu perfume

Possa com o vento se espalhar

Enquanto eu não encontro

Vou seguindo a procurar

Sei que neste mundo tão grande

Há alguem que eu possa achar

Não perco a esperança

De meu companheiro encontrar...

- autora -

Teresa Augusto Shanor

21/04/2009

domingo, 19 de abril de 2009

sábado, 18 de abril de 2009

Só Tu...

Só tu apareceste do nada como por encanto

E de repente estancou meu silencioso pranto

Numa presença forte guerreira

Que pensei ser banal e passageira

Só tu em sábio silêncio

Observaste todo o meu intento

Em esquivar-me mas te querendo

Sem no entanto eu ficar sabendo

Só tu na calada da noite

Desbravaste caminhos fechados

Abriste campos nunca pisados

Fizeste a luz entrar em longo breu

Só tu como um guerreiro

De jeito terno e faceiro

Te atreveste a fazer

O que ninguém ousara antes

Só tu empunhaste tuas armas

E numa estratégia sábia

Fizeste as ferramentas

Para adentrar em terra sacra

Só tu alcançaste

O centro do meu templo sagrado

E descortinaste meus segredos

Que eu trazia bem guardados

Só tu conseguiste entrar

Nos campos do meu coração

E de posse da minha chave

Tornou-se um dono então

Dono de minha vida

Dono do meu coração

Dono da minha alegria

E rei dos meus sonhos

Só tu com teu amor e carinho

Lutaste contra o desninho

Agasalhando o meu coração

No mais profundo recanto

Do seu coração de menino

E eu meia sem jeito

Fico a me perguntar

Que amor tão grande é este

Que não há como parar

É tão grande e tão forte

Que não tenho como lutar

E resta-me agora somente

A este amor me entregar

Por que tu tens a senha

Para em minha vida ficar

Obrigada, meu doce menino

Vamos juntos navegar...

-autora-

Teresa Augusto Shanor

18/04/2009

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Quando a alma é gêmea

E o Amor é perfeito

Difícil conter

A explosão dentro do peito

O sentir é tão forte

Que me calo e te absorvo

No flutuar de minh'alma

Mil anjos te cantam em côro

Ás vezes sorrio sòzinha

No meu olhar para ti

És meu encanto, minha magia

Por isto sou alegre assim.

Sou uma rosa feliz

Cultivada no teu lindo jardim

E tu, meu jardineiro

Me alimentas com teu amor sem fim...

-autora-

Teresa Augusto Shanor

15/04/2009

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Eterna Presença...

Hoje, logo pela manha, fui até um viveiro de flores

Um grande distribuidor de plantas e flores de corte

Senti o frescor da manhã perfumada

Tocando suave o meu rosto

Fechei meu olhos, me inebriando

Deste mágico momento perfeito

E lá estavas tu, me envolvendo

Em teu doce olhar

Em teu lindo sorriso

E me joguei em teus braços

Completando meu êxtase

Que loucura é esta

Que me faz te ver a cada instante

Que me faz sentir tua presença em mim

Em cada gesto, cada passo meu

Em todos os lugares por onde vou

Tu estás lá, a me olhar e me tocar

E eu em total entrega

A te abraçar...

-autora-

Teresa Augusto Shanor

13/04/2009

domingo, 12 de abril de 2009

FELIZ PÁSCOA!

Imagem by Oriza

Páscoa é Renascimento, um novo ciclo de vida que se inicia, uma oportunidade para mudar tudo em nossas vidas e, através da reflexão, vencermos as nossas imperfeições, colocando em prática, o que temos de melhor em nossos corações.

Uma Feliz Páscoa para todos!

-autora-

*Teresa Augusto Shanor

09/04/2009

gifs para orkut, blogs e site

sábado, 11 de abril de 2009

Voando...

Voar... pela imensidão do teu olhar

Bailar... ao compasso do teu coração

Sorrir... com o pulsar de tua respiração

Deslizar... pelos fios de teus cabelos

Surfar... na maciez da tua pele

Sentir... o perfume do teu suor

Ficar... no aconchego dos teus braços

Enroscar... meu desespero em teu sossêgo

Nadar... na maré do teu corpo

Suspirar... com tua proteção em meu seio

Sugar... tua energia e te ter em meu meio

Roçar... suave em teus lábios

Olhar... dentro dos teus olhos

E... tocar tua alma por inteiro!

-autora-

*Teresa Augusto Shanor

11/04/2009

sexta-feira, 10 de abril de 2009

domingo, 5 de abril de 2009

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Ser apenas...

Sou apenas uma simples mulher

Que ri, brinca, chora, briga, e ama muito...

Sou apenas uma simples mulher

Que vive a simplicidade da vida

Que procura sem rodeios

Viver a realidade do seu meio

E que busca a felicidade sempre

Num sonho de amor eterno

Transformado em pura amizade

Superando barreiras e intempéries

Para ser divino, imortal e sempre sério.

Adoro você!!

- autora-

Teresa Augusto Shanor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...